segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

[RESENHA] - Ponto Cego



INFORMAÇÕES:
Edição: 1
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576796572
Ano: 2012
Páginas: 352

Skoob: [LINK AQUI]

Sinopse: Um ano após o acidente que interrompeu a gravidez de Nilla e sentindo-se culpado pela iminente separação, o repórter Daniel Sachs recebe um pedido de socorro escondido em um objeto e descobre que sua ex-mulher desapareceu em Veneza durante a cobertura de um show de ilusionismo. Seguro de que é o único que pode ajudá-la, ele parte em busca do resgate da fotógrafa e, consequentemente, a correção de todo passado. Porém, pistas misteriosas dão indícios de que o desaparecimento de Nilla possa estar ligado a um novo tipo de comércio ilegal na cidade – a produção de filmes snuff. Ao solicitar ajuda ao investigador Giuseppe Pacino, Daniel passa a ser perseguido e a ter sua vida ameaçada por um impiedoso criminoso. A situação piora quando eles ficam sabendo que Lorenzo Oro, um ilusionista cego de grande prestígio na Europa e dono de habilidades surpreendentes, foi a última pessoa a conversar com Nilla antes de seu desaparecimento. Incerto das próxima ações, Daniel enfrentará uma série de obstáculos e revelações imprevisíveis até chegar ao clímax arrebatador: a decisão de permitir ou não que seu corpo seja controlado por outra pessoa para salvar a mulher que ainda ama.




_______________*** ________________


Ponto Cego é mais um dos livros que conheci no final de Outubro, também no Clube do Livro da livraria Saraiva. E assim como os outros, também conheci o autor no dia e guardo com carinho a brincadeira com o título, já que sempre que ele era citado alguma falha elétrica deixava a sala no escuro, um verdadeiro "Ponto Cego". E com toda essa propaganda involuntária e por eu ser muito fã de romances policiais, acabei me dando o livro de presente alguns dias depois, no dia nacional do livro.

Daniel é um repórter e protagonista desse livro. Há algum tempo atrás ele e a ex-esposa sofrem um acidente de carro, o que causa um aborto do filho que estavam esperando e consequentemente uma separação. Tempos depois, ele recebe um envelope estranho com alguns símbolos que o indicam a cidade de Veneza, e é onde Nilla (a ex-esposa) está a trabalho. Ela é fotógrafa. Então ele resolve fazer uma viagem em busca de informações e descobre que ela esta desaparecida.

Em um segundo momento, temos o policial Pacino que está trabalhando no Carnaval Veneziano e acaba caindo em um caso de um desaparecimento de uma garota. Vários eventos o levam para a uma rede de crimes envolvida em filmes Snuff (onde há torturas e mortes reais).

Os dois casos se ligam, e eles tentam desesperadamente descobrir os culpados e conseguir resgatar Nilla.

O inicio da trama foi mais lento e tinha informação demais pra assimilar, porém quando o texto avança a narrativa cria uma força impressionante prendendo o leitor em um ritmo de leitura viciante, seno impossível terminar um capitulo sem roer as unhas de ansiedade pelo próximo.

Os capítulos são intercalados entre os protagonistas e isso tem costume de aparecer em romances policiais modernos. É uma boa sacada, pois deixa o leitor desesperado para ler mais sobre um protagonista, o que o leva a ler avidamente o capítulo do outro. É uma técnica fantástica nesse estilo de livro porque além de tornar a leitura mais dinâmica e rápida ainda reforça o suspense e mostra vários pontos de vistas diferentes dentro da mesma história.

Apesar de o final ser bem dedutivo e previsível isso não tira o clima de suspense, e em momento algum isso deixa o enredo menos fantástico. O autor soube costurar bem a trama, não deixando pontas soltas.

Felipe ter trabalhado com essa questão de filmes Snuff é algo novo para mim. Como boa “carniceira” eu já conhecia o termo, mas nunca me passou pela cabeça esbarrar com um livro de suspense tratando disso. O autor soube conduzir a história de um modo que você senta o choque de imaginar as cenas, mas apenas o suficiente para te levar ao próximo capítulo e não para parar horrorizado.

A escolha do cenário não poderia ter sido mais perfeita. Como o próprio autor já disse como não pensar em Veneza como um ótimo lugar para se cometer assassinatos? Afinal com construções cercadas por água por todos os lados seria muito mais fácil ocultar um corpo. Além, é claro, de ser um lugar belíssimo.

Amei também a época escolhida, já que o Carnavale Di Venezia é uma festa muito bonita e colorida, o que por si só com todas as fantasias e máscaras já deixa um ar de mistério.

Outra coisa que chama a atenção é o lado emocional de cada personagem. Desde as femininas que não aparecem tanto como nos protagonistas é possível ver a evolução. É quase palpável o medo, o desespero, a aflição que eles sentem e isso faz com que eles sejam mais próximos, aumentando a identificação com o leitor.

Se você gosta de livros policiais cheio de crimes horrendos, pessoas corajosas e muito susto... Está na hora de abrir esse livro!



Critérios de Avaliação

a) Arte da Capa:
Gostei da capa, ela dá uma alusão do local onde os filmes snuff são gravados. Fora as cores que deixam um clima mais sério e pesado.


b) Trama:
O enredo é muito bem elaborado e tem uma boa evolução, começando um pouco mais lento e crescendo. É bem envolvente e dinâmico.


c) Caracterização das Personagens:
Os personagens são bem explorados na área emocional e a forma como usam os próprios conhecimentos para interpretar as pistas os deixam mais críveis. São personagens bem carismáticos à sua maneira.


d) Qualidade do Livro (papel, letra, erros, etc.):
O papel é de um tom creme bem suave. A diagramação é simples, a padrão da Editora Novo Século. A revisão está muito boa, há poucos erros, mas nada muito gritante.


e) Comparação com outras obras do gênero:
Ponto Cego consegue reunir todos os ingredientes para um bom suspense. É intrigante e bem encorpado e se utiliza da capacidade intelectual do ser humano, acima da orça física, para resolver mistério central. É digno dos Best Sellers estrangeiros do gênero.

Nota: 4,5








Licença Creative Commons
Resenha- Ponto Cego de Erica Guimarães é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://edensaga.blogspot.com.br.

4 comentários:

  1. Oi, eu gostei muito de conhecer o enredo desse livro, acho que me agradaria ..

    Beijos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/


    P.S: Aproveito a oportunidade para anunciar que tem sorteio de livro nacional. Venha apoiar. http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/2013/01/sorteio.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marli,
      Se você é fã de um bom romance policial não irá se decepcionar.

      Beijos

      Excluir
  2. Olá :)
    Confesso que nunca havia ouvir falar desse livro, mas a sua resenha despertou minha curiosidade, principalmente a última sentença rsrs
    Vou, com certeza, adicioná-lo à minha wishlist :D

    Beijo, Caroline
    Another Words
    http://anothersimplewords.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Caroline,

      O livro é realmente muito legal. Espero que goste tanto quanto eu.

      Beijinhos

      Excluir

Postagens populares