terça-feira, 15 de janeiro de 2013

[RESENHA] - O Sonho de Eva

 Sinopse: Dra. Eva Abelar, autoridade mundial em sonhos lúcidos, é informada de que seu filho, Joachim, uma criança autista, desaparece na mesma noite em que sua irmã, Anna, pula do 20º andar de um edifício em São Paulo. Anna era a principal cientista do projeto DreamGame, invento revolucionário que permite à pessoa jogar enquanto dorme. Eva é convidada por Yume a assumir o lugar da irmã e, à procura de respostas, se envolve em uma trama perigosa, que alcança os limites dos desejos inconscientes do homem. Enquanto usa seus conhecimentos para desvendar a morte de Anna e reencontrar Joachim, Eva descobre o quanto a sociedade está vulnerável à tecnologia e aos estímulos subliminares, e como esses estímulos podem sequestrar a liberdade e extinguir o livre-arbítrio.



 
Conheci esse livro no finalzinho de Outubro de 2012, quando fui ao Clube do Livro. Conheci o autor no mesmo dia e pude ouvi-lo palestrar sobre a teoria dos sonhos lúcidos e me interessei muito. Demorei um pouco, mas consegui o livro.

Este é um livro que aborda um tema diferente de todos os quais já havia lido, se eu não tivesse assistido à palestra do autor talvez demoraria muito mais para ouvir algo sobre isso e, me surpreendi, pois ao ler percebi que era diferente do que eu havia imaginado.

Começamos o livro de forma trágica e isso já me motivou no início da leitura – uma porque geralmente acho primeiros capítulos monótonos, principalmente por serem mais introdutórios e outra porque quem me conhece sabe que adoro uma “carnificina” básica – e o que considerei ainda melhor foi o fato de por trás desta tragédia haver um grande mistério.

Logicamente vamos conhecendo e desvendando este mistério ao longo de todo o livro, mas não é difícil ter ao menos uma pequena ideia do que ocorreu com Ana e isso, ao contrário do que muitos podem pensar, isso não me desmotivou, pelo contrário, me instigou a querer saber se tudo que imaginei era real.

O trabalho de pesquisa do Chico é muito rico criando um contexto perfeito em torno de sonhos lúcidos e suas possíveis consequências. Fora toda a parte usada sobre lendas e psicologia usada para criar um ambiente tão incrível como a sede de pesquisas da Yume e dar uma base crível para todos seus objetivos.

Além disso, muitas explicações dadas ao leitor durante a leitura podem ser percebidas como bastante técnicas, apesar de não conterem uma linguagem complicada, o que mostra realmente que o livro é fruto de muito trabalho em cima do assunto.

Uma das coisas que me chamou a atenção foi a forma como foi explorado os sentimentos dos personagens. Não sei se é porque a trama mexe com psicologia, mas muitos ali não me convenceram muito. A própria Eva não conseguiu transmitir um nível desespero esperado pra uma mãe que teve o filho raptado, assim como outros foram tão superficiais que não deu para se criar uma conexão mais profunda com os personagens.

Uma das coisas que mais apreciei foi o autor conseguir desenvolver todo o drama e suspense equilibrando com uma boa dose de humor. O menino Zed é um destaque, pois com sua inteligência e espontaneidade consegue roubar a cena quando aparece.

Esse é um livro que recomendo muito, um bom e instigante suspense que te fará perceber como nosso mundo está vulnerável tanto a repressão do governo e as futuras tecnologias.



Critérios de Avaliação

a) Arte da Capa:

A capa é bem instigante, talvez pelas suas cores fortes, já que a cor predominante é o azul, ou talvez pelo detalhe da menina que está bem sutil, do tipo que a gente só repara prestando atenção. Há também os caracteres chineses, também bem sutis. É uma daquelas capas de ficar se observando por um tempo e a cada segundo descobrir mais detalhes.

b) Trama:

A trama se desenvolveu de um jeito envolvente, mantendo o suspense sem deixar ficar enfadonho. Impossível não sentir aflição e claustrofobia junto com os personagens ou torcer e se lamentar por alguns. O final foi bom, com todas as pontas ligadas e explicadas. Um livro muito bem planejado.

c) Caracterização dos Personagens:

Visualmente os personagens são muito bem descritos, mas em relação aos sentimentos é um pouco fraco, nada que atrapalhe a trama, mas é algo que poderia ter sido mais aprofundado.

d) Qualidade do livro (papel, letra, erros, etc.)

O Sonho de Eva é publicado pela Editora Novo Conceito que sem sombra de dúvidas é uma das melhores nesse quesito. A revisão impecável, a diagramação é simples porém ótima e a escolha do papel que é mais opaco e amarelado também é acertada, como sempre, deixando a hora da leitura mais cômoda.

e) Comparação com outras obras do gênero:

Chico Anes traz um suspense embasado em sonhos lúcidos, nunca vi outros livros abordando o assunto. O suspense é bem trabalhado e me lembrou um pouco a serie de TV dos anos 80 “Casal 20” com a protagonista e seu amado em uma investigação, mesmo a distancia.

Nota: 4,5

12 comentários:

  1. Eu gostei muito do livro. Achei a tematica dele muito diferente.
    Fiquei de certa forma envolvida gostei tbm do desfecho.
    Bjos...

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do livro! Adoro suspenses!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leila... é um dos ótimo lançamentos na novo conceito no ano passado...

      Excluir
  3. Muito bom conhecer novas obras de autores nacionais! Gostei =)

    ResponderExcluir
  4. Esse livro foi um dos melhores que li o ano passado. Tive sonhos lucidos como a personagem hihi

    ResponderExcluir
  5. Esse livro foi um dos melhores que li o ano passado. Tive sonhos lucidos como a personagem hihi

    ResponderExcluir
  6. Eu tive a oportunidade de conhecer o escritor na bienal do livro e ler o livro logo em seguida e também o amei. Nunca tinha reparado no detalhe da menina na capa e fiquei chocada ao perceber isso. É um livro que gosto bastante e fiz até minha mãe ler. Parabéns pela resenha e análise minunciosa.
    Beijos!
    http://opendoorofcreation.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quase ninguem repara na menina da capa ou nos kanjis... xD
      Obrigada pelo comentario.

      Beijos

      Excluir
  7. Resenha muito boa, abordando o conteúdo de forma simples e inteligente, nos dando uma boa noção sobre o enredo, despertando o interesse de quem lê.

    ResponderExcluir
  8. Nossa amei a idéia do livro! Principalmente porque envolve crianças especiais, o tema da minha monografia foi sobre portadores de necessidades especiais e a questão dos sonhos deve ser mto interessante tbm, quero ler!

    ResponderExcluir

Postagens populares