quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Georgiana, duquesa de Devonshire


Hoje Trazemos mais um livro para vocês.


Lançado pela Editora Objetiva no dia 06/02/2012, Georgiana, duquesa de Devonshire, nos traz uma envolvente ehistória da aristrocacia britânica do final do século XVIII.
Escrito pela autora Amanda Foreman, o livro ganhou uma adaptação para o cinema em 2008 com o nome
A Duquesa, com a atriz Keira Knightley no papel da Duquesa, a mesma que fez a série Piratas do Caribe.
Vocês poderão tirar conclusões por sí só lendo as críticas abaixo:

"Georgiana Devonshire foi a mulher mais fascinante de sua época, e Foreman escreveu uma biografia à sua altura." - London Review of Books.

"Esta é uma bem realizada e bem escrita biografia, notavelmente madura para uma primeira tentativa; diligentemente pesquisada e interessantemente apresentada. Amanda Foreman é uma escritora para ficar de olho e de quem se deve esperar bastante." - Daily Telegraph.

Sinopse:
Livro vencedor do Prêmio Whitbread de Melhor Biografia e best-seller na Inglaterra, Georgiana, de Amanda Foreman, oferece um retrato da aristocracia britânica do final do século XVIII por meio da história de uma mulher que foi sua líder incontestável.
Lady Georgiana Spencer tornou-se duquesa de Devonshire, em 1774, ao se casar com William Cavendish, um dos mais ricos e respeitados aristocratas da Inglaterra. Lançada em um mundo de riqueza e poder aos 17 anos, ela conquistou prestígio imediato e reinou na alta sociedade. Georgiana pertencia à mesma família de Diana, princesa de Gales, e em seu tempo foi quase tão famosa quanto ela.
Não satisfeita apenas com a riqueza e o papel de anfitriã, mostrou-se muito influente e participativa na política. Conquistou multidões graças a suas proezas e obras sociais. No entanto, seu sucesso público mascarava um casamento infeliz, o vício em jogos, as bebedeiras, o uso de drogas e os casos amorosos.

Amanda Foreman descreve com detalhes a vida de uma mulher extraordinária que, pela beleza e determinação em ter um papel nas relações sociais e políticas, se transformou em uma figura vibrante e contemporânea, com uma história pessoal de sofrimento e conflitos pessoais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares