domingo, 20 de novembro de 2011

LEMBRANÇAS





Neste mundo você tentou,
Optou por um caminho diferente.
Tudo que ficou para tras agora são só lembranças;
De quando ainda havia alguma coisa.


A linha do tempo não é mais linear aqui,
Você consegue sentir?
No auge das eras quando ainda nos amavamos!
Você era meu porto seguro.


A visão agora me parece distorcida,
Maculada por tuas decisões precipitadas.
E pensar que tudo isso já foi uma bela realidade,
Que agora é projetada num reflexo distorcido do espelho.




Por que você me abandonou?
Foi muito para minha mente aguentar,
Cheguei no limite entre a sanidade e a perdição;
Onde tudo não faz mais sentido e não importa mais.

Agora seu fantasma me atormenta dia e noite,
Como um pretexto para me punir ainda mais,
Já não bastava toda dor que você me causou em vida?
E mesmo ausente você ainda me tortura.

Liberte minha mente dessas correntes,
Eu lhe imploro.
Preciso sair do seu mundo,
Esquecer o passado...
E tentar olhar para o horizonte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares